musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - CAPITãES DE AREIA - BACO EXU DO BLUES - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Capitães de Areia letra


Somos homens e mulheres livres
Somos homens e mulheres livres
Somos homens e mulheres livres
Somos homens e mulheres livres
Somos homens e mulheres livres
Somos homens e mulheres livres
Somos homens e mulheres livres
Somos homens e mulheres livres

Carrego comigo coragem de Erê
Carrego comigo coragem de Erê
Carrego comigo coragem de Erê
Carrego comigo coragem de Erê
Carrego comigo coragem, dinheiro e bala
Palavras de Pedro Bala
Palavras de Pedro Bala
Carrego comigo coragem, dinheiro e bala
Palavras de Pedro Bala
Palavra de Pedro Bala
Carrego comigo coragem, dinheiro e bala
Palavras de Pedro Bala
Palavra de Pedro Bala
Carrego comigo coragem, dinheiro e bala
Dinheiro e bala
Macu-Macu-Macu-Macu-Macunaima

Vi os prédios subindo
A mata acabando
Aproveitei e arranhei o céu
Aproveitei e arranhei o céu
Vi minha raça sumindo

Vocês nos matando
Aproveitei e levei todos pro céu
Aproveitei e levei todos pro céu

Somos homens e mulheres livres
Somos homens e mulheres livres
Somos homens e mulheres livres
Somos homens e mulheres livres
Somos homens e mulheres livres
Somos homens e mulheres livres
Somos homens e mulheres livres
Livres!

As vozes dos bêbados
Risadas gritos
Garrafas quebrando, as drogas, os conflitos
As luzes da cidade, batuque, tiro
Gemidos, briga é um caos tão bonito
As vozes dos bêbados
Risadas gritos
Garrafas quebrando, as drogas, os conflitos
As luzes da cidade, batuque, tiro
Gemidos, briga é um caos tão bonito

Eu tô brindando e assistindo
Um homofóbico xenófobo apanhando de
Um gay nordestino
Eu tô rindo
Vendo uma mãe solteira espancando o PM
Que matou seu filho
Me olho no espelho, vejo caos sorrindo
O karma sorrindo
Eu nasci no dia que viram a raiva parindo

Eu nasci no dia que viram a raiva parindo
Onde cidadãos de bem queimam terreiros
Espancam mulheres e odeiam os pretos
Odeiam o gueto, matam por dinheiro
Eu sou caos, eu sou vilão
Eu nasci no dia que viram a raiva parindo
Onde cidadãos de bem queimam terreiros
Espancam mulheres e odeiam os pretos
Odeiam o gueto, matam por dinheiro
Eu sou caos, eu sou vilão
Somos homens e mulheres livres

Baco Exu do Blues - Letras

©2003 - 2017 - musicas.mus.br